ERPI
Estrutura Residencial Para Idosos
CASA DA CRIANÇA
Cuidamos das nossas crianças
CENTRO COMUNITÁRIO
Centro de Atividade Ocupacional
Saúde e Bem Estar

MENSAGEM DO PROVEDOR

Fernando Santos Conceição

São Martinho

No dia 11 de novembro comemorou-se o São Martinho e as valências não puderam deixar passar este dia em branco, fazendo assim, com que as castanhas fossem coroadas as rainhas do dia.

No Lar I os utentes puseram as mãos à obra desde o dia 10, começando por descascar e cortar os marmelos para que pudesse ser feita a marmelada.

No dia seguinte, prepararam as castanhas dando-lhes os cortes necessários para que fossem assar. Com esse contributo tanto os Lares como a UCCI puderam disfrutar ao lanche de um mini magusto com castanhas e marmelada.

Mas não só no Lar I se passaram momentos atarefados. A UCCI deu lugar às típicas “vendas” de castanhas e à decoração tão conhecida com um miminho para cada utente.

No CAO e na Casa da Criança a data também não passou despercebida, onde houve o típico lanche com castanhas.

Por fim, no dia 12, o Lar I recebeu uma apresentação alusiva à história de São Martinho e à riqueza nutricional das castanhas, levada a cabo pela Nutricionista e as duas estagiárias de nutrição.

 

collage_são_martinho.jpg

 

 

Doçura ou Travessura?

No dia 31 de Outubro as bruxas andaram à solta.

Comemorou-se o Halloween e com ele veio muita decoração e lanches assustadores.

Por todas as valências foram realizados lanches alusivos ao dia e as paredes comuns encheram-se se teias, aranhas, abóboras e fantasmas.

No CAO, nos Lares, no Lar Residencial e na UCCI os lanches foram bastantes criativos com as guloseimas que o dia pede.

Os utentes e as crianças foram ainda presenteados com as merendeiras típicas da época feitas pelas funcionárias.

Na Casa da Criança, as crianças fizeram também trabalhos alusivos ao dia.

 

collage_halloween.jpg

 

 

São João, São João

Este ano não pode haver festão, mas não faltou a decoração e uma pequena recordação.

Com a ajuda imprescindível dos utentes, muito se trabalhou para não deixar passar em branco esta data tão significativa para o nosso concelho.
Impedidos de fazer a comemoração habitual, assegurou-se que pelo menos a decoração não faltaria, que cada utente recebia uma pequena lembrança e que durante estes dias se ouvisse um pouco de música alusiva aos Santos Populares durante as classes de fisioterapia.
No CAO fez-se ainda uma sardinha com dois grupos separados. Num lado do edifício ficaram os utentes de Lar Residencial e no outro lado do edifício os utentes de CAO, todos com as devidas distâncias entre cada um.
Tanto no Lar I, como na UCCI e no CAO/Lar Residencial os utentes ajudaram na preparação da decoração dos seus espaços e das suas próprias lembranças. No Lar 1 foram uma ajuda essencial a preparar as flores de papéis para os arcos, as escamas em tecido para as sardinhas, as mãos com as quadras alusivas e os manjericos e até das sardinhas que receberam como recordação. Pregadeiras para as senhoras, porta-chaves para os senhores tanto do Lar I como do Lar II. E nem os utentes de apoio domiciliário foram esquecidos, tendo recebido um íman para o frigorífico também em forma de sardinha.
Na UCCI os utentes mostraram-se entusiasmados não só em ajudar na preparação das bandeirolas, sardinhas e manjericos que viriam a ficar pendurados na sala, como na decoração das sardinhas que serviram de lembrança, chegando até a perguntar à técnica quando é que iam fazer as sardinhas.
Desta forma, sem desrespeitar as regras e normas de saúde, mantivemos o São João vivo, gerando muitos sorrisos.
 
 
 
 

Reabertura das Visitas

Seguindo todas as normas e orientações das Autoridades de Saúde, a Santa Casa da Misericórdia de Figueiró decidiu reabrir as visitas, ainda que sob regras e limitações muito específicas.

Em cada valência com utentes confinados foi criado um espaço seguro que os protege de qualquer contaminação.
Recorrendo a divisórias de acrílico e a permanentes higienizações, os utentes e as famílias puderam finalmente reencontrar-se. 
Sendo momentos muito emotivos para ambos, apraz-nos saber que os podemos proporcionar.
Todas as visitas requerem marcação prévia que pode ser feita para os contactos gerais ou das valências específicas. 
Estamos ao dispor para marcações e mais informações.